5 Dicas para Emagrecer Pós Parto

5 Dicas para Emagrecer Pós Parto

Muitos me perguntam sobre minha recuperação pós parto,

A algum tempo venho escrevendo este post para dar algumas dicas de como consegui

voltar a forma e definir o abdômen novamente 6 meses pós parto.

 

Como emagrecer depois do parto costuma ser um pesadelo para as mamães

que acabaram de ter seu bebê e pretendem voltar à antiga forma o quanto antes.

Mas como fazer isso de um jeito saudável em meio à loucura

que é a vida de uma mãe de bebê recém-nascido?

 

Vou dar 5 dicas essenciais para todas as mamães

e colocá-la no caminho certo para perder peso,

perder barriga e retomar seu melhor corpo!

 

DICA 1

Nada de fazer dietas de muita restrição!

Regimes e dietas para emagrecer rápido normalmente

se baseiam em um corte abrupto de calorias,

e tendem a colocar seu corpo sob estresse, exatamente o que você NÃO PRECISA agora.

Então vamos se alimentar de forma saudável

poucas porções de todos os nutrientes necessários

entre eles, carboidrato, proteína, vitaminas e mineras.

Você sabia que o estresse de não poder comer direito,

somado ao seu novo papel como mãe, pode até te fazer engordar,

por causa do aumento do hormônio cortisol???

Pois é, vai por mim, alimentação saudável, sem exageros,

  • Evite enlatados, diminua o sal e prefira os alimentos integrais.
  • Livre-se das porcarias que estão na despensa e nos armários da cozinha. Vários estudos indicam que, quando se dorme pouco, a pessoa fica com maior tendência a comer besteiras.
  • Abasteça a geladeira com frutas e legumes, carnes e peixes, ovos e oleaginosas.
  • Não deixe de se alimentar a cada 3 horas!
  • Beba de 2 a 3 litros de água por dia para ajudar na produção de leite e a não ter retenção.

Dica 2 

Amamente!

É bom para o bebê, é bom para a conexão com ele e também é bom para… EMAGRECER (tcharam!).

O ato de amamentar e produzir leite consome em torno de 500 calorias ou mais por dia.

Você acaba emagrecendo naturalmente com o ato da amamentação,

basta dar tempo para que isso aconteça.

Lembrando de beber bastante água durante o dia é fundamental

para a produção do leite materno e também vai impedir que você fique desidratada.

 

Caso, você não esteja amamentando por N que sejam os motivos,

pode se iniciar uma atividade física mais intensa e de pouca duração,

Assim também conseguiremos atingir as 500 calorias diárias.

 

Dica 3

Durma!

rsrs parece irônico, mas tente dormir SEMPRE que conseguir.

Não se cobre, não tenha vergonha de pedir ajuda com as demais tarefas.

Durma, descanse… ainda mais se você tiver noites em claros.

Estudos comprovam que as mães que dormiam cinco horas — ou menos — por noite

tinham maior probabilidade de manter o peso que ganharam na gravidez

em relação às mães que dormiam sete horas ou mais por noite.

E isso é facilmente explicável:

Se você dorme pouco, seu corpo libera mais cortisol e outros hormônios associados ao estresse,

que não só dificultam o emagrecimento como promovem o ganho de peso.

Além disso, quando está cansada:

  • Você tem menos vontade de cuidar de si mesma,
  • Não faz questão de comer direito (você quer algo rápido e, normalmente, nada saudável)
  • E também não tem energia para se exercitar.

 

Dica 4

Cinta Modeladora Pós-Parto!!!

Opcional lógico, mas dentre controvérsias, EU sou a FAVOR DO USO.

As cintas modeladoras pós-parto já existem há séculos e muitos médicos e especialistas

recomendam que as mães a usem após a gravidez para ajudar na postura e na recuperação

do abdômen durante os dois à três meses após o nascimento do bebê.

A leve compressão da cinta modeladora auxilia o útero a voltar ao tamanho normal

e também ajuda a diminuir a barriga mais rápidamente,

facilitando também na recuperação da diástase do reto abdominal

(separação dos músculos abdominais que PODE ocorrer durante a gravidez).

É claro que não são todas as mulheres que se adaptam ao uso da cinta modeladora,

confesso que teve dias em que eu também não queria usar, mas no meu caso acredito que me ajudou

bastante, e valeu a pena o esforço de usar durante 75 dias.

 

Dica 5

Atividade Física!!!!

Após a liberação médica, faça atividade física, seja ela qual for.

Voltei a me exercitar 40 dias pós parto, iniciei com caminhadas,

e após 70 dias voltei a musculação.

Intensificando os treinos aos poucos e nunca tive problemas em relação a amamentação,

sempre prezei por um bom acompanhamento profissional, nutricionista, pediatra e ginecologista.

 

Se conseguir um acompanhamento profissional, seja ele on-line ou presencial melhor ainda,

com certeza terá resultados ainda mais rápidos e eficaz.

Mas caso não tenha um acompanhamento, faça caminhadas diárias,

Aproveite para passear com seu bebê.

Entre em uma academia se puder, ande de bicicleta, faça natação.

É de EXTREMA IMPORTÂNCIA ter um tempo pra você, SEMPRE!

 

Você também pode fazer um treino em casa, assim como eu fiz,

e por isso hoje atendo muitas mães com esse objetivo.

Sem muito tempo para fazer atividades fora de casa,

prescrevo um treino para ser feito em casa, tudo de forma personalizada,

podendo usar materiais se você tiver, ou fazer um treinamento funcional,

focando nas partes onde mais estiver te incomodando.

Com acompanhamento diário via whatsup.

Tudo seguido também de uma orientação profissional de nossos nutricionistas.

saiba mais sobre www.fjpersonal.com.br/assessoria

ou me chame no whatsup (19) 98752-5277

ou deixe seu email nos comentários que entraremos em contato!!!

 

 

Espero que as dicas ajudem a vocês mamães a voltarem a forma pós parto!

Tudo questão de organização, boa alimentação, descanso, atividade, e o mínimo stress possível!

Basta querer! Você conseguirá!

 

 

 

gest1  image1

 

 

 

 

 

3 Comentários

  • Suellen Farias Posted 18 de julho de 2016 20:47

    Entrando em contato já!!!!

  • Kelly Posted 18 de julho de 2016 20:48

    Ótimas dicas, adorei! Vida de mãe não é fácil mas vou tentar seguir todas as dicas!!!

  • Eusebio Svensen Posted 20 de Abril de 2017 21:07

    Adorei o artigo, muito bom. O seu ponto de vista ficou bastante bacana, gosto de falar sobre este tema também. Continue nesta linha e tenha sucesso. Abraços

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *